“Continuará a haver noites de luar”

No rescaldo da eleição norte-americana, que deixou uma nuvem bem negra sobre o planeta Terra, tentarei deixar uma mensagem positiva e de esperança.

Já muito se disse durante o dia de ontem sobre o que aconteceu nos EUA. Frustração, tristeza, revolta… a lista é longa. O próprio Stephen Colbert, que optou por fazer a cobertura em directo da noite eleitoral, teve dificuldade em terminar o programa.

Nota-se, claramente a dificuldade do Stephen Colbert em deixar uma palavra positiva sobre o dia histórico que se vivia.

Também o actual Presidente norte-americano tentou deixar uma nota de esperança, ao garantir que na manhã do dia 9 de Novembro, “O sol voltará a nascer”.

Mas queria ainda deixar outra frase, bem mais portuguesa, que nunca mais me esqueci. Foi dita numa das últimas entrevistas de José Hermano Saraiva.

Quando foi questionado sobre o futuro de Portugal, no auge da presença da Troika em Portugal, numa altura de uma incerteza sufucante, José Hermano Saraiva disse:

“Olhe, qualquer que seja, continuará a haver noites de luar, Serra de Sintra e o Tejo a correr para o mar”.

Para terminar, recomendo a leitura de dois artigos do Miguel Esteves Cardoso (Jornal Público) e do Francisco da Silva (Facebook), que fazem uma análise pertinente de um dia que não foi nada, mas mesmo nada fácil de digerir.

O objectivo deste post era deixar uma palavra de esperança. Será que consegui? Não me parece!